A transformação digital no agronegócio.

A transformação digital no agronegócio.

Como a 4a revolução industrial pode auxiliar nos grandes desafios deste ramo específico dos negócios

Estudos apontam para uma população de 9 bilhões de pessoas em 2050, o que significa algo em torno de 1,5 bilhão a mais de pessoas que vivem na Terra atualmente. A pergunta que muitos empresários fazem é: teremos produção suficiente para atender a demanda? A resposta vem através da transformação digital: sim!  

E neste futuro não tão distante assim, o Brasil está entre os que mais tem chances de ganhar com essa nova realidade. Isso porque estamos entre os poucos países que ainda possuem a possibilidade de expandir suas zonas de cultivo sem prejudicar o meio ambiente.

Por onde começar essa mudança?

É de conhecimento de todos que um negócio da área rural evolui ao equilibrar diariamente estes 3 pilares: redução dos custos de produção, maximização dos lucros e aumento da produtividade. E nesta busca, existem muitas soluções que podem tornar o caminho mais fácil, ainda que se trate de um trabalho com um dia a dia bastante imprevisível.

Não podemos nos esquecer de que estamos tratando aqui de um negócio que alcança dimensões impossíveis de serem humanamente monitoradas e cujo sucesso depende de fatores incontroláveis que vão desde o clima, geografia até pestes e parasitas. Percebemos aqui então uma contradição em que apesar de termos todos os motivos para abrirmos mão do controle, precisamos de todo o controle para obtermos resultados bem-sucedidos.

Por isso a tecnologia correu atrás de soluções que permitissem esse controle ao produtor rural – dos pequenos aos gigantes. Mapas temáticos, painéis de controle, mapeamento de propriedades, telemetrias, agricultura de precisão e aplicativos que permitem descobrir à distância tudo o que está acontecendo na sua plantação, entre muitas outras possibilidades. A promessa é aumentar a produção de alimentos e a qualidade dos produtos, já que torna-se viável descobrir onde há riscos para o trabalho, existência de pragas e plantas daninhas. Além disso, também é possível calcular de antemão todos os custos de logística e monitoramento de maquinário.

Todas essas novas tecnologias geram então uma série de dados que permitem conhecer e mapear cada m2 do território cultivado, a que se dá o nome de Big Data. Porém, é importante ter profissionais capacitados para realizarem a leitura desses relatórios para transformar essas informações em sugestões de melhoria, aperfeiçoamento de processos, assim como base para decisões estratégicas e importantes do negócio.

A importância de uma boa gestão

Não é porque seu negócio se concentra no campo que não deva apostar nos outros elementos que compõem uma gestão de sucesso. Soluções que muitas vezes são vistas como opções exclusivas apenas para grandes empresas do ambiente urbano podem melhorar e muito a produtividade do seu negócio.

Um bom sistema de gestão permite desde identificar o consumo de matérias-primas até o gerenciamento das rotinas fiscais. Já uma solução WMS permite rastrear caminhões, controlar suas datas de revisões e pneus, além de acompanhar em detalhes o custo da frota.

A ideia é que todos esses sistemas estejam integrados, permitindo o cruzamento de dados para análises cada vez mais profundas e relatórios cada vez mais detalhados, que possibilitem oferecer não só uma visão panorâmica do negócio, mas dados e fatos que possam embasar as decisões mais desafiadoras da administração.

Atenção às pessoas

Um negócio é feito de pessoas – de colaboradores a clientes. E fazer com que a experiência vivida no seu seja transformadora, é um desafio diário, que pode se tornar possível graças à algumas soluções digitais.

A primeira delas é o HCM. Com este sistema é possível integrar a gestão dos seus recursos humanos, que além de simplificar os processos do dia a dia e estar em compliance com a legislação fiscal vigente, também permite criar as melhores estratégias para o desenvolvimento de pessoas na sua organização.

Já quando estamos falando dos clientes, há uma outra solução no mercado que permite criar e manter um ótimo relacionamento com as pessoas que decidem consumir sua marca. Esta ferramenta chama-se CRM, e quando bem integrada à sua gestão, permite observar todo o ciclo de compra do consumidor na sua empresa – da prospecção ao pós-venda. Com ele, muitos processos tornam-se automatizados, permitindo à administração possuir dados que permitam fortalecer relacionamentos e realizar novos negócios.

Transformação digital no agronegócio

Após analisarmos todas as frentes de um agronegócio, fica fácil observar como vai acontecer a transformação digital neste segmento. Desde o mapeamento da plantação até a gestão das pessoas que trabalham no negócio, a chave é a automatização de processos combinada com a integração das informações.

Só assim aumenta a produção de alimentos e a qualidade do produto sem elevar demasiadamente seus custos, já que é possível enxergar a empresa como um todos e como cada uma das partes afeta o resultado final.

Com tantas soluções disponíveis e resultados comprovados, uma coisa é certa: quem adotar antes a transformação digital no seu agronegócio sai na frente. Na produção, na qualidade e, consequentemente, nos resultados.

Quer saber como podemos ajudar no Agronegócio? Entre em contato conosco aqui ou pelo telefone 11 3853-3715

Fonte: https://www.senior.com.br/blog/a-transformacao-digital-no-agronegocio/

Informações por e-mail
Preencha o formulário abaixo e aguarde que nossos especialistas entrarão em contato: